Virtudes da mulher

segunda-feira, março 08, 2010 Posted In , Edit This 0 Comments »
(De Gilberto Veras, em Fortaleza, 06/03/04)

Fosse eu mulher, seria mais feliz.
Mais tranqüilo viveria,
Porque sentimentos leves
E suaves predominariam em meu coração,
Saberia com mais facilidade neutralizar os nocivos
Que nos endurecem e dificultam a convivência com o belo
E a espontaneidade do carinho com quem amamos.
Sorriria mais,
Rugas desapareceriam de minha face,
Para que a alegria se estampasse em louvor a vida.
Não teria vergonha de beijar a quem amasse,
Cujo número se multiplicaria pela ausência do preconceito.
A ternura, que conquista o bruto;
A doçura, que atenua o fel da insensibilidade;
A capacidade de perdoar, que transforma o invejoso em admirador;
Teriam trânsito livre no meu psiquismo.
Não precisaria conter as lágrimas
Quando a dor de meu irmão furasse a minha alma.
Não seria comedido nem econômico na hora de dividir sentimentos de solidariedade.
A fraternidade estaria livre, sem a parcimônia de interpretações sociais.
Eu seria mais eu e produziria muito mais para Deus.
Por isso eu parabenizo as mulheres pela excelente oportunidade existencial.

0 comentários: