quinta-feira, abril 15, 2010 Edit This 0 Comments »
Há algum tempo, em seguida ao triste acontecimento do Edifício Joelma, na cidade de São Paulo, estávamos às despedidas com o querido Chico, após longas horas de seu abençoado trabalho no Espiritismo Cristão.
Do lado de fora, nas calçadas da Comunidade Espírita-Cristã, uma jovem, mal saída da adolescência, segura-lhe a mão e pergunta-lhe emocionada:


- Chico! O que é o amor? E o que é paixão?...
Com um sorriso amigo, surpreso pela pergunta da menina moça, o médium respondeu:
- Minha filha! O amor?!...O amor é o lume do fogão que aquece a água para lavar a fralda do nenê, para esquentar o leite da mamadeira, cozer o alimento, fazer a sopinha... A paixão... Ela é o fogo destruidor; a paixão é o “Joelma”.
Virmos brilhar os olhos daquela bela criaturinha, agradecida pela sábia resposta.
Ela depreendeu-se de seus braços, beijou-lhe a mão e retirou-se feliz...


Xavier, Francisco Cândido. Da Obra: “Além da Alma” Ditada pelo Espírito Emmanuel

0 comentários: